Sobre 20 de outubro

rod final 2Texto para o OBSERVATÓRIO GERAL de Rodrigo Martiniano Tardeli, sobre Bela Lugosi e Rimbaud (imagens), duas vidas dramáticas e extraordinárias que influenciaram gerações e grandes nomes, como Picasso, Bob Dylan e tantos. Sexualidade, drogas e genialidade se misturam na releitura historiográfica. Confira a narrativa de Rodrigo Tardeli sobre os intelectuais. OG.

Sobre 20 de outubro

[Rodrigo Martiniano Tardeli]. Para mim, fã de carteirinha de inúmeras coisas, apaixonado pelas letras e pela sétima arte, 20 de outubro é uma data de suma importância. Neste dia, em anos diferentes, nasceram duas das figuras que mais venero e admiro, a ponto de ostentar no meu quarto de dormir, uma foto de cada um deles, ao lado dos antepassados também gloriosos.

Um deglutiu toda a literatura, digeriu, vomitou. E de seus engasgos, surgiu uma nova harmonia – moderna e jamais superada desde então. O outro, saiu dos misteriosos Cárpatos e conquistou Hollywood. Interpretou de Deus ao Demônio, conheceu a alvorada do sucesso e a decadência do fracasso, do vício e da pobreza. Ambos são divinos. Pelas suas biografias tumultuadas e um talento que jamais foi eclipsado, tiveram sua apoteose, principalmente no coração dos fãs, e hoje habitam num Panteão negro, úmido, esquecido e muito pouco visitado.

Jean-Nicholas Arthur Rimbaud nasceu em 1854. Antes de completar vinte anos, havia revolucionado toda a literatura ocidental.  Sua obra é curta, nevrálgica, um verdadeiro soco no estômago. Influenciou Claudel, Bob Dylan, Jim Morrison, Cazuza, Tristão de Athaíde, Ivo Barroso (seu melhor tradutor), Pablo PicassoDylan ThomasAllen GinsbergVladimir NabokovBob DylanPatti SmithGiannina BraschiLéo FerréHenry MillerVan Morrison. É chamado de Poeta Maldito. Não produziu literatura depois dos 21 anos. Morreu com 37 anos.

Béla Ferenc Deszo Blaskó, ou simplesmente Bela Lugosi, nasceu em 1882. Foi o mais famoso intérprete do vampiro Drácula e esta interpretação serviu de inspiração a todas as posteriores. Começou aos 11 anos como intérprete de Shakespeare. Ganhou a Europa, conquistou Hollywood com seu imenso talento, atuou em 13 filmes e mais de 100 peças de teatro, casou-se 5 vezes, era viciado em morfina. Morreu aos 73 anos, sendo sepultado com os trajes de vampiro.

Rimbaud, espalhafatosamente bissexual. Bela, convictamente heterossexual.

Rimbaud usou ópio e haxixe para aumentar a inspiração, para atingir “flóridas incríveis” e se fazer vidente. Bela, em sua adicção, buscava alívio, esquecimento para as dores físicas e morais que o cercavam.

Tão diferentes, tão geniais, tão próximos de mim. Dois dos meus heróis.

Que 20 de outubro mais estranho….

Rodrigo TardeliRodrigo Martiniano Tardeli.

Anúncios


Categorias:Cidadania online

Tags:, , , ,

%d blogueiros gostam disto: