Cadê a “agenda positiva”?

agenda positiva

O Congresso Nacional pressionado pelas manifestações das ruas ia fazer uma “agenda positiva”. Quer dizer, o eufemismo para trabalhar e apresentar resultado. As ruas tiraram um cochilo e a tal “agenda positiva” silenciou. A presidência da Casa já bancou refeição para amigos do Pmdb por 24 mil reais e a combinação é fazer silêncio que tudo volta ao “normal”: festas e pouco trabalho.

Eles só não percebem que todo mundo está de olho e a vida deles, agora, será muito mais “difícil”. Terão que trabalhar. (E não só o Congresso).

Você se questionou se as ruas seriam a “panaceia” para todos os males do Brasil? Se não são a cura direta, podem ser, sim, o refogado cultural que o povo precisa para perceber que se quiser muda tudo isso aí, inclusive o que ele próprio chama de “corja”. OG.

Anúncios


Categorias:Ruas & Internet

Tags:, , , , ,

%d blogueiros gostam disto: