Senado – como diz o ditado: “Você acredita? Nem eu.”

festaFesta! O Senado Federal parece estar se especializando em distribuir factoides. Notícias absolutamente inverossímeis, descontextualizadas de toda a história daquela sinistra entidade e que ninguém acredita, mas que teoricamente poderiam surtir algum efeito. Pelo menos é o que o marqueteiro oficial imagina. A última é esta, a de que os inexplicáveis salários extras, além de tudo e toda a mordomia oficial existente “poderão” ser extintos, “se” a proposta da senadora Ana Amélia for aprovada. Será que o Senado escolhe, vez em quando, um senador para lançar à sociedade uma medida austera e moralizadora, no sentido de causar efeito, tudo apenas como factoide e nenhuma efetividade? Até agora foi assim.  É aguardar e ver se a “proposta” da senadora será aceita. Confira matéria da Agência Brasil abaixo. OBSERVATÓRIO GERAL.

Senado pode acabar com 13º e 14º salários de parlamentares reeleitos

[Agência Brasil]Deputados e senadores que forem reeleitos podem perder o direito ao décimo quarto e ao décimo quinto salários. Segundo proposta de autoria da senadora Ana Amélia (PP-RS), o benefício, que é uma ajuda de custo para mudança e transporte do congressista de seu estado para Brasília, não deve ser pago se o parlamentar for reeleito, uma vez que, nesse caso, não terá custo com a mudança. O texto foi aprovado hoje (5) pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

Em fevereiro, o Congresso Nacional mudou a regra para pagamento do benefício, até então, recebido por todos os parlamentares a cada início e fim de ano. A lei aprovada e promulgada em março deste ano prevê que a ajuda de custo seja paga somente no início e no final dos mandatos de deputados e senadores, ou seja a cada quatro e oito anos, respectivamente.

“Temos certeza de que essa alteração irá ampliar a busca da isonomia entre os parlamentares e os demais cidadãos”, afirmou Ana Amélia, ao justificar a proposta, que ainda será examinada pelo plenário do Senado e, se aprovada, seguirá para a Câmara dos Deputados.

A regra só vale para as duas Casas do Congresso. As assembleias legislativas e as câmaras municipais do país não serão atingidas.

Anúncios


Categorias:Cidadania online

Tags:, ,

%d blogueiros gostam disto: