Japão resolve manter caça às baleias

baleias

No mês passado, o Tribunal Penal Internacional tinha ordenado a interrupção dessa atividade no Pacífico

REUTERS. Tóquio – O Japão declarou na sexta-feira que irá realizar uma temporada de caça à baleia bastante reduzida no noroeste do Pacífico neste ano, apesar da decisão de um tribunal internacional do mês passado contrária ao programa de caça na Antártica.
O programa de “caça científica de baleia” de Tóquio, que existe há décadas mesmo sendo polêmico, sofreu um golpe no mês passado, quando o Tribunal Penal Internacional (ICJ, na sigla em inglês) ordenou a interrupção da caça anual no Pacífico, o que levou o Japão a cancelar as temporadas de 2014 e 2015.
A caça no Pacífico, não tão conhecida internacionalmente, não foi mencionada na decisão, que solicitou aos japoneses que reexaminem seu programa de caça à baleia em geral. Ainda assim, na temporada 2012-2013, a ação no Pacífico abateu três vezes mais baleias que na Antártica.
O ministro da Agricultura, Florestas e Pesca, Yoshimasa Hayashi, disse que a decisão sustentou a noção do “uso sustentável das baleias como recurso”.
O Japão vem argumentando há anos que a maioria das espécies de baleias não está ameaçada e iniciou o que chama de caça científica à baleia em 1987, um ano depois que uma moratória internacional entrou em vigor.
Foto: Reuters
Navio de segurança do Japão aborda pequena embarcação do Sea Shepherd, entidade que luta contra a caça às baleias

Anúncios


Categorias:Cidadania online

%d blogueiros gostam disto: