Aécio perdendo para Marina na eleição Bbb

marina e aecio

Se o bom-moço Aécio Neves continuar com esse ar de Maricotinha-que-reclama perderá feio para Marina Silva. Mesmo tendo melhor preparo pessoal e partido mais estruturado.

A falta de condições pessoais de ‘bater’, de ser ‘pedra’ de Aécio, até pode ser interessante para um educado cargo de gestão. Mas jamais atrai o eleitor numa disputa visceral, uma eleição-Bbb como se apresenta.

Quem dá o tom visceral da disputa é o PT com sua militância-ostentação. A partir daí não há mais espaço para bonzinhos. E a veia autoritária de Marina faz com que ela assuma a polarização com Dilma. Fica claro que Marina desbanca Aécio pelo menos em enfrentamento e palanque com a recandidata.

Não adiantará Aécio engomar um discurso-raivinha de última hora. Ele precisa se imbuir, acreditar, viver o que diz. Ou melhor, seu partido precisaria querer parar de ser ‘chique’. Mas esta antropologia-Daslu parece ser viciosa ao Psdb. Aécio deveria aceitar que algumas antipatias e preços a pagar são naturais, disparando petardos e movendo uma metralhadora giratória que não se sabe se tem.

Para quem acha que campanha política não deveria ser assim precisa ser apresentado ao país chamado Brasil. Desde Brizola com sua verve-chicote e uma desconstrução cínica e debochada de suas vítimas, a política brasileira ‘encantou’. Saiu da clausura. Ainda que tenha virado piada. E a sociedade aprendeu a se divertir com o tiroteio. Ainda mais agora em épocas de eleição-Mma. Só se quer sangue.

Se Willian Boner com seu jornalismo-futrica ao entrevistar uma Dilma educada, encarasse um Brizola ou um Darcy Ribeiro, daquele jeito, era mandado às favas. Ou às compras de uma calça comprida para substituir a curta, por falar com eles daquele jeito desacatante-mirim. Bonner não fez jornalismo investigativo. Fez bate-boca.

O horário eleitoral vai ter que se reinventar. Políticos em geral terão [um dia] que parar de mentir em praticamente 100% em tudo que falam.

Falar de bom ‘nível’ da campanha ainda é socialmente utópico. É claro que ela deveria ser limpa e ‘culturalmente’ elevada. Mas a realidade-190 é outra.

Marina Silva parece ter um repertório ácido e ricocheteável muito maior que Aécio. Sua vocação para a intolerância – ou será fundamentalismo?- o garante. Isso pode lhe render frutos em embate e palanques. Pelo menos para quem gosta de vôlei verbal, ou quem é adepto do pensamento intolerante.

Difícil saber quem a Petralhada ‘preferiria’. Mesmo que em absurdos termos hipotéticos, entre Marina e Aécio. Por outro lado, a mera hipótese Marina é de arrepiar. Melhor ouvir a turma ‘de baixo’. Diz aí, ‘Onda Vermelha’. OBSERVATÓRIO GERAL.



Categorias:Política

Tags:, , , , , , ,

1 resposta

  1. A mera hipótese Marina é melhor do que a Dilma!

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: