Servidor brinca com campanha de doação de sangue no Rio

a prefeitura

Ancelmo Gois. “Um assessor do Subprefeitura da Barra da Tijuca e Jacarepaguá fez hoje brincadeira de gosto duvidoso na página do órgão no Facebook ao ser convidado por um amigo a participar da campanha de doação de sangue anunciada pelo Hospital Lourenço Jorge, da Barra, veja na reprodução. Diante do convite do colega para doar sangue, o cidadão, que apresenta seu perfil como sendo funcionário da prefeitura, disse: – Quer me f…, me beija.”

doaçãoQual é a diferença entre a brincadeira aceitável e a inaceitável? A pergunta jocosa desse Thiago Balzana é equivalente ao preconceito que Micheline Borges destilou contra médicos cubanos? Não se trata de patrulhar a “brincadeira”, de se querer transformar em escândalo uma “tirada” qualquer nas redes sociais. Mas uma falta de educação com problemas sérios alheios parece ser o pano de fundo para muitos que não medem o que falam. OG.

Anúncios


Categorias:Fala sério

Tags:, , , , ,

%d blogueiros gostam disto: