Líderes mentalmente fortes

shutterstock_76925098

Coloque a pessoa errada em um papel de liderança e a pessoa irá se auto-destruir. Coloque a pessoa certa e ela vai se destacar. Admirados por toda a sua equipe, estes indivíduos em destaque estão sempre no centro das atenções e servem de modelos de liderança. Mas há um traço que separa os líderes medíocres dos incríveis, a inteligência emocional. Um pool infinito de talentos muitas vezes não compensam essa qualidade central, pois a inteligência emocional é intimamente ligada a mentes fortes e empodeiradas.

Há diversas características que explicam tal fenômeno. A primeira seria a destreza e capacidade que um líder mentalmente forte tem em dar e passar confiança. Enquanto medianos gastam grande parte de suas energias controlando sua equipe, fornecendo instruções excessivamente maçantes e detalhadas, e são relutantes em aceitar ideias de seus colaboradores, o grande líder não perde tempo perseguindo detalhes, mas busca pessoas participativas e competentes para montar uma equipe de alta performance onde possa confiar plenamente a execução de um grande trabalho. O resultado disso é que toda a equipe irá brilhar em sua própria luz e trilhar novos desafios com mais chances de sucesso.

Outra característica, é que esse tipo de profissional, na maioria das vezes é dono do seu poder e controla seu próprio destino. Líderes de mente forte, uma vez confrontados com um chefe intragável, um cliente irritado ou com um dia horrível de trabalho, vão se preservar, pois têm o comando de suas emoções e sabem disso.

Tanto no campo profissional como no pessoal, abraçar as próprias fraquezas é sinal de força e maturidade. Grandes líderes sabem que ninguém é perfeito e são os primeiros a confessar esse fato. Além de tudo são autoconfiantes em seus pontos fortes, e não tem medo em deixar o mundo ver que ele é humano. Assumem suas fraquezas sem pestanejar e usam inteligentemente seus pontos fracos para se tornarem líderes mais fortes. Esta manobra faz com que eles estejam constantemente se movendo para frente. O grande professor da FGV, Luiz Fernando Silva Pinto, o LF, já dizia que para ser um líder de sucesso é preciso fazer um “resgate inteligente do passado”, mas não se debruçar sobre ele. Grandes líderes tem boa memória e aprendem com erros, mas estão totalmente focados em mover seus projetos para frente. Não importa se a maré está boa ou ruim, o importante é se adaptar, buscar mudanças de direção, e fazer com que a equipe continue navegando preparada e posicionada para o próximo grande desafio. Eles sabem que falhas são lapsos momentâneos e uma lição de vida de valor inestimável.

Por fim, liderança requer prática e resulta da experiência de vida. E uma maneira de se tornar um líder é aprender com os profissionais que estiveram lá antes de nós. Tendo em mente que a liderança é uma qualidade que transcende o cargo, salário e título. Não importa em que dragrau de liderança você está, é sempre tempo de começar a agir. Roberta Simão/OBSERVATÓRIO GERAL

 

Anúncios


Categorias:Mundo corporativo

2 respostas

  1. Fue un gran placer conocerte. Es muy sensible e inteligente. Me alegro mucho también leer sus escritos. No te olvides de darme noticias al venir a Barcelona este año. Que te valla bien.

    Francisco Martinez.

  2. Fue un gran placer conocerte. Es muy sensible e inteligente. Me alegro mucho también leer sus escritos. No te olvides de darme noticias al venir a Barcelona este año. Que te valla bien.

    Francisco Martinez

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: