“Relacionamento sério” no Facebook = pensão alimentícia

casal

Circula na internet uma notícia bizarra de que um suposto juiz, de nome Antonio Nicolau Barbosa Sobrinho, de Belém, Pará, teria condenado um sujeito a pagar 900 reais de pensão alimentícia e a dividir o automóvel comprado. “Tudo” em razão do status no Facebook como “relacionamento sério”. Atribuem, ainda, ao magistrado, a declaração de que “perfis e postagens em redes sociais podem ter o mesmo valor que uma certidão de casamento”.

 

A ser verdade tamanha esquisitice, teríamos centenas de amigos no Facebook que se casaram e não nos convidaram para a festa. E mais, o passivo financeiro com pensão alimentícia desses aí, então, não para de crescer. Será que tem gente levando essa coisa de Facebook tão a sério assim? Que mundo bizarro este.

Recomendação do OBSERVATÓRIO GERAL: Não diga mais a ninguém que ama. Não brinque mais em Facebook. Você poderá ser condenado. Fala sério! OG.

Anúncios


Categorias:Fala sério

Tags:, , ,

%d blogueiros gostam disto: