Obscurantismo científico, furto de Beagles e ajudinha da PM

mel2 grandeCom a informação de que os 178 Beagles furtados do Instituto Royal eram utilizados em estudos sérios para a cura do câncer, os engajados-de-plantão ficaram com cara de chuchu. O que houve no Instituto, na calada da noite, em Direito, se chama crime de furto qualificado, com pena no Código Penal de 2 a 8 anos de reclusão. E a Polícia Militar “ajudou”. Falou para os ladrões andarem rápido. Se a “versão” jurídica não é esta, por que será que a Polícia Civil registrou ocorrência de crime neste sentido? Teria o delegado “enlouquecido”? Com certeza não.

O obscurantismo está em alta numa sociedade em que o analfabetismo em ciência é a regra. Não estranhe, é mera lição de ninguém menos que o maravilhoso Carl Sagan na obra “O mundo assombrado pelos demônios”. Também parece estar na moda um pieguismo espumoso, em que pessoas adoram proclamar “pena” de coisas e pessoas, o traço visível do preconceito. O mesmo “sentir pena” ou “dó” usado como biombo no furto dos cães, sob a estapafúrdia alegação, nada provada, mas berrada, de que os “pobres” Beagles eram maltratados.

LUSA_M~1

Luisa Mell

O médico Marcelo Morales coordenador do Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (Concea) e membro da diretoria da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), afirmou, categoricamente, que nenhum animal retirado do laboratório do Instituto Royal sofria maus-tratos ou mutilações. Mas que se dane o médico, a ciência, os fatos e a cura do câncer. Quem sabe das coisas ligadas a “cachorrinhos” deve ser a bonita Marina Zatz de Camargo, mais conhecida como Luisa Mell, “modelo & manequim”.

O jornalista Alan Maschio, do Antiblog abriu crítico questionamento, “Por uma simples questão de coerência, quem é contra o uso de animais para pesquisas médicas deve abrir mão de todo e qualquer tipo de tratamento que tenha feito uso desse recurso para evoluir. E bota tratamento nisso – são muitos. … Acho ridículo, por exemplo, que se teste o potencial alérgico que um produto no olho de um coelho. Mas estamos falando de cosméticos, neste caso. Não de remédios ou de tratamentos contra o câncer. Por sinal… Será que as mulheres que invadiram o instituto paulista para salvar os beagles usam maquiagem?”

Surf e casquinha

agenda positivaMuita gente já se apresentou pra surfar na onda e tirar sua casquinha. Até em Brasília, claro. Henrique Alves (PMDB), presidente da Câmara, prometeu uma “comissão externa” de deputados. Que festa não será isso. Jetons, passagens aéreas, aluguel de carros, motoristas, seguranças, almoços, hotéis, viagens internacionais a Europa (com as patroas! – ou namoradas) para se comparar como são os institutos de outros muitos países etc.

O deputado-delegado Protógenes (PCdoB) também já se apressou em protocolar um requerimento pedindo a criação de uma Comissão Especial “na” Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado para saber o que a Polícia Civil fará. Deve estar muito preocupado. De quebra, quer uma “lei” proibindo teste em animais. Que cabeça “evoluída” a do parlamentar, dirão os pesquisadores da SBPC. Por falar no delegado, cadê Tiririca?

O deputado Ricardo Izar (PSD) também protocolou requerimento. Mas no Ministério da Ciência e Tecnologia. Quer a adoção de ações que restrinjam o uso de animais para pesquisas do setor de cosméticos. Talvez pelos cálculos do deputado, o cosmético se der alergia, ou câncer, no ser humano, não tem problema. O que importa são os cachorrinhos.

Já o deputado Ricardo Trípoli (PSDB) desafiou, sobre duas cadelas que a polícia lhe entregou temporariamente: “Vou às últimas consequências. Seja qual for a instância do Judiciário que eu tenha que ir para mantê-las conosco”. Que beleza. Deve ter calculado que com uma declaração desta garante uns 5 mil votos nas próximas eleições. O pior é que pode não estar errado em seu cálculo.

Uma sociedade vesga não compreende como os benefícios da ciência, dos medicamentos, dos testes em laboratórios são alcançados. Tudo isto para que humanos, sim, humanos – crianças, idosos, jovens, doentes terminais e tantos outros-, tenham uma vida melhor. Avança Brasil. OBSERVATÓRIO GERAL.

 

[Matéria republicada no site BRASIL 247]

Anúncios


Categorias:Fala sério

Tags:, , , ,

18 respostas

  1. Alguém precisava dizer isso logo.. A gnt tenta mostrar isso às pessoas, mas elas são cegas pela mídia manipuladora, e então elas vêm com 10 pedras nas mãos com dó dos cachorrinhos. Nunca entendi a dó por eles… afinal nunca existiu dó pelos ratos e peixes. A hipocrisia chega a ser tanta, que todos esquecem como são os matadouros, mas ninguém quer salvar galinhas ou vacas… Estou longe de ser vegetariana, mas também não sou hipócrita, sou a favor de testes com animais em favor à ciência da saúde.

  2. então tá, que tal mídia filha da puta

  3. Desculpa Nara mas me parece duas coisas que a mídia te manipula ! e que você nunca ouviu empresas alegarem que não fazem testes em animais…eu ouvi…esse negocio de câncer é historia pra boi dormir…e pra tentar deixar errado o ato, para que não se repita … desculpa mais só acredito com provas e pelo que ouvi sobre o assunto do câncer eles poderão falar na mídia que trabalhavam com câncer mais non podem falar exatamente sobre o estudo pq é sigiloso ?!Oi?

    • Ué.. pode até ser que ESSA empresa não trate de cancêr… mas pra bom entendedor meia palavra basta.. Quando disse que sou a favor de testes em animais em prol da saúde, quis dizer SOMENTE em prol da saúde.. e falei nas empresas em geral.. Nem preciso dizer que o caso de uma ou duas impresas fazerem errado.. Agora.. se ta incomodada com isso.. me de uma solução.. apontar o problema é muito fácil e todos fazem..

      Se eu tivesse alguma solução, com certeza não estava aqui debatendo, tava criticando com vcs, Afinal acharia muita injustiça SE houvessem métodos substitutivos..

      Agora.. esses testes já tem faz muitos anos.. pq só os beagles importaram? Querida, abra o olho pra politicagem… a mídia pode me manipular, mas pelo jeito, vc é mais manipulada que eu.. 🙂

    • Você tem toda razão Juliana… pra mim a pessoa que tentou escrever o artigo achando que conhecia do assunto, não leu, não pesquisou e nem buscou fontes… pois viu videos no Youtube (grande fonte de pesquisa) … até meu sobrinho de 10 anos grava um video e poe no Youtube 😉

  4. Discordo dos argumentos utilizados. O mundo evolui, a sociedade também. Não é questão de então desprezar os avanços conquistados até agora. Ora, até no nazismo houve avanços na medicina, e não é por isso que hoje vamos chancelar o que Hitler fez. Defendo os cães. Já vi cães salvarem, guiarem e ajudarem pessoas das mais diversas formas. Já vi cães ajudarem a polícia. Não é por acaso que o homem e os cães desenvolveram uma parceria. O cachorro evoluiu para agradar à raça humana. Pelo mesmo motivo não defendo os ratos ou os coelhos, por exemplo.
    E sobre manipulação da mídia, pra mim isso é conversa de quem não tem argumentos. É a típica falácia para desqualificar o argumentador, e não o argumento. “Você não concorda com o que eu digo, então só pode ser um alienado governado pela mídia.” Se eu sou contra ou a favor de alguma coisa, vou procurar descobrir a respeito e talvez até mude de ideia (o que não foi o caso aqui).
    Abraço a todos!

    • “Se eu sou contra ou a favor de alguma coisa, vou procurar descobrir a respeito e talvez até mude de ideia (o que não foi o caso aqui).” exatamente isso

  5. Sugiro que estude um pouco mais e pesquise provas e fatos antes de escrever artigos… sua imbecilidade e falta de conhecimento do assunto me assusta…

  6. Independentemente de mídia, minha ideia é que isso é errado. Sacrificar e maltratar um animal ou ferir seus sentimentos é uma atitude enojadora!
    É claro que peixes, porcos e bois são mortos. Nós precisamos comer, não é mesmo? Agora, experimentos, seja com cães, ramsters, coelhos ou qualquer outro tipo de animal, é uma coisa totalmente diferente!

  7. Pow cachorro congelado , partes de cachorros em freezers , Nara , são cachorros inocentes , você acharia justo te matarem para salvar uma pessoa que você nem sabe que existe ? Eles aproveitam de animais para fazer isso , pois os animais não vão reclamar e nem procurar seus direitos , vc gostaria que te pegassem e fizessem isso tbm ?

  8. Dxa sua resposta ae Nara , vlw ..’

  9. Primeiro se houve ou não apoio da policia não é questão. Devido que os testes com animais são aprovados sim, porém foi constatado a morte dos animais o que gerou a denuncia para que os cães fossem retirados. Antes de dizerem que foi furto ou não, leia um pouco mais, foram apenas retirados pois haviam animais mortos.

  10. Muito bonito tirar cachorro de um laboratório em que se faziam testes com eles,espero que peguem um vírus desconhecido e espalhem pela cidade,vai ser divertido (y)

%d blogueiros gostam disto: